10/10/2008

Somos cristãos! Filhos do mesmo Deus!

Participação especial: Flávia Silva Martineli


Flávia, prazer. Nós temos muito em comum, sabia? Eu acredito que o sacrifício de Jesus na cruz nos deu a oportunidade de sermos livres do pecado. Acredito no amor a Deus, no amor ao próximo, no sexo depois do casamento, no compromisso, na Bíblia. E eu acredito que Deus nos ama incondicionalmente acima de todas as nossas falhas e pecados. Você também acredita nisso, certo? Então temos mais em comum do que imaginamos. Um detalhe: eu sou o que vocês podem chamar de evangélica (crente, batista, tanto faz). Na realidade, sou cristã. Igual a você.
Começo com uma enquete: Quem de vocês já teve uma calorosa discussão com algum evangélico argumentando sobre quem está certo ou errado? Provavelmente muitos de vocês acabaram de recordar algumas dessas ‘briguinhas’. Eu mesma já tive experiências parecidas e hoje posso dizer: foi perda de tempo e saliva. Sabe por quê? Nós, se estivermos juntos, somamos muito mais ao mundo do que separados. Perdemos tanta energia tentando convencer uns aos outros sobre os preceitos de nossas religiões, que esquecemos que tem gente morrendo lá fora sem Jesus. Nossas igualdades são muito mais importantes que nossas diferenças.
Tive o prazer de criar amizades com irmãos católicos, desses que seguem a Cristo de todo coração e abraçam a causa por um mundo melhor, um mundo mais cheio de Deus. Aí percebi que os verdadeiros seguidores de Cristo nada têm a ver com qual igreja eles pertencem, mas sim com o quão forte eles refletem o caráter de Jesus. E eu via Jesus claramente neles. Pessoas que buscam santidade, que se alegram por causa do que Cristo tem feito ao redor deles e que são sábios para separar a graça do pecado. Pessoas como alguns desses meus amigos católicos já são difíceis de achar na igreja evangélica ou em qualquer outro lugar.
Toda igreja tem seu defeito, já percebeu? Eu poderia listar uma série de defeitos das pessoas da minha igreja, da hipocrisia que reina, da falta de amor, dos preconceitos latentes. E eu sei que vocês poderiam listar os defeitos das pessoas da igreja de vocês. Nisso nós temos muito em comum. Mas uma coisa muito mais bonita e perfeita nós temos para compartilhar: o amor de Deus. Deus não nos separa por religião, mas pela sinceridade de nossa busca a Ele e pela nossa relação com os outros. Então por que nós julgamos uns aos outros? Cristo morreu por mim e por você, por todos, e não somente pelos católicos ou somente pelos evangélicos.
Vamos parar de pensar em qual igreja cresce mais, qual pastor ou padre faz mais sucesso, qual culto/missa é mais animado, qual é mais atraente, e até quais eventos são mais ‘bombantes’. Temos mesmo é que refletir sobre o que temos feito para nossos amigos conhecerem a Deus pessoalmente, sobre como nossa vida tem sido exemplo de retidão e amor para os outros e sobre como Deus deve estar acima de tudo, inclusive acima das religiões.
Para tudo isso, devemos nos unir. Chega de apontar o cisco que está no olho do seu irmão, enquanto não se dá conta da viga que está em seu próprio olho (Mateus 7:3)! “Por isso, esforcemo-nos em promover tudo quanto conduz à paz e à edificação mútua”, como disse Paulo aconselhando os romanos, no capítulo 14, versículo 19. E amemo-nos acima de tudo, assim como Deus nos ama igualmente.

8 comentários:

Flá. disse...

uhull!
eu vou ser a única a comentar no meu próprio post! :P

espero ter sido bom lá no barzin!
bjo!

lucas disse...

jamaaaaaaaais!!!
Não te deixaria comentar sozinha um texto tão vivo e cheio do Espírito Santo como esse,não pq sou egoísta(uahuauhauhauauha),mas pq preciso dizer q são atitudes como essas q renovam a minha fé
e a minha vontade de ser de Deus!!!!
Nosso bairro é muito carente de Deus e ao mesmo tempo abastado de pessoas que querem mudar isso.
Por isso,já que a messe é grande,não podemos estar separados,temos que cada vez mais nos unir e aprender um com o outro,até q um dia não sejamos mais católicos,batistas...mas sejamos cristo para nossos irmãos.
Flávia,minha irmã em cristo, agradeço a Deus pelo seu texto pois ele trouxe vida e alegria ao meu coração.
Deus abençoe vc e todos os meus irmãos cristãos!!!!!!!!\0/

Marcinho disse...

Flávia,Flávia...

Pode deixar, esse barzinho foi só o começo. E, se deus quiser, de uma longa,loooonga,loooooooooonga caminhada juntos.

Se liga q esse serviço pode ser o mais exigente..pq toca na inveja,no orgulho e na autosuficiência.

Sem preconceito. Um só!!

Deus te abençoe.

Vinicius disse...

Claro que não vai ser a única...

E msm se fosse seria pelo fato do blog ser pouco comentado.

Mas o texto ficou perfeito! Concordo com cada letra escrita! Graças a Deus já faz um tempo que abri meus olhos pra essa realidade, as diferenças existentes são apenas os meios que usamos para chegar ao msm fim! E pq n tentar alcançar esse fim juntos, já que ele é o msm???

Que o barzim tenha sido o primeiro de incontaveis passos do junac pra promover a união para uma evangelização mais efetiva pra como disse a Flávia, as pessoas tenham a oportunidade de experimentar o Amor de Deus!

marcionília disse...

\o/
Flávia...
Não fique triste pela falta de comentários antes do seu é que ainda não temos o costume de ler e comentar os textos...
Mas eu gostei muito do que foi dito, concordo com cada palavra.
Não escondo que assim que fiquei sabendo da união do JUNAC com os jovens da igreja batista fiquei super animada, enfim pensamos em evangelizar sem olhar a religião ou tentar mudar a visão de cada pessoa sobre sua própria igreja!!!
Espero que eventos assim possam ocorrer com mais frequência!!!

Valeu muito a pena!!!

Um grande abraço a todos...

Fiquem com Deus!

Flá. disse...

olha! quantos comentários :)
fico feliz, gente!

Bom saber tb que as pessoas entram na internet para fazer coisas construtivas...Deus tem me chamado mta atenção em relação a isso!

Que bom que gostaram do texto, não veio nada de mim, mas sim do Espírito, de uma vontade crescente de transformar nosso meio.

grande abraço ;* fiquem com Deus

renatinha disse...

aaah eu num poderia deixar de comentar aki tb sobre esse texto tão cheio de vida, de sabedoria... e como o lucas e a flávia disseram, tão xeio do Espírito Santo! ;)
alegria imensa ver que nós jovens sabemos a quem servimos e a quem amamos... não importa onde!
como fala na música "os nossos corações foram unidos pela msm fé..." que a gente saiba aproveitar mais dessa união, que possamos dar juntos mtos outros passos em prol da evangelização!

gostei de maaais da presença de tantos jovens unidos pela msm fé no barzinho!
Deus deve ta mto feliz!!! :D
axo que msm com a nossa humanidade estamos conseguindo entender e viver oq Ele nos propôs! ;)

valeu galera!!
a paz!!
..
*

Lívia Fornaciari Gaviorno disse...

Flávia, concordo plenamente com tudo que vc disse!
Pra ser sincera eu sempre achei besteira discutir por causa de religião. Aprendi que é uma coisa que n se discute (a n ser se vc estiver tentando convencer uma pessoa a seguir Deus, ai eu acho que vale ;))
Afinal, eu continuarei seguindo a minha, e os outros, a deles ;D

O importane é que ao final chegaremos em um só caminho: Deus!!
adorei seu texto, e o barzinho, foi maravilhoso!! tudo valeu a pena, topdo o esforço foi recompensado ;)
;* fica com Deus