08/08/2009



Meu nome é Felipe Henriques de Brito, tenho 24 anos, e descobri a felicidade em Deus.
A minha infância foi muito turbulenta, apesar de eu ser uma criança muito arteira, eu apanhava muito da minha mãe, as vezes apanhava todo dia de correia de couro trançado, vara de goiabeira... basicamente eu era surrado por tirar notas baixas, só parei mesmo de apanhar com 12 anos, quando comecei a questionar o porquê das coisas. Mas o que acontecia de pior mesmo eram as brigas conjugais que meus pais tinham, são traumas que não se apagam com facilidade, ainda mais que eu era praticamente obrigado a ver, sem poder fazer nada em relação a isso, meu pai me acordava de madrugada para ver-lo brigando com minha mãe e batendo nela, e isso pra uma criança de 7 anos é um desastre, acredite.
Quando fiz 15 anos começou um pesadelo interminável na minha vida, eu comecei a beber e fumar cigarro, vícios fortes que rapidamente me levaram a um caminho tortuoso e dependente, e com o tempo comecei a usá-los com válvula de escape, se acontecia algo em casa... eu bebia, se eu brigava com a namorada (pessoas na qual criei dependência, e não realmente namoradas, pois nesse ponto eu tinha vários problemas para me relacionar com alguém) eu bebia, e com 16 anos cai nas drogas onde criei um sistema de auto-punição, brigava com as pessoas somente pra ter uma desculpa “saudável” para usar. Passei por depressões severas, que calejaram meu corpo e minh’alma, me cerquei de “amigos” que verdadeiramente não gostavam de mim, e quando precisava deles, um por um eles viravam as costas. Fiz 2 faculdades incompletas (disposição para pagar é algo que não posso reclamar sobre meu pai, ou posso?), uma foi Medicina Veterinária, onde cumpri metade do curso e larguei, e outra foi Direito onde cumpri o primeiro período e larguei também, Meus pais se separaram, e engravidei minha namorada (meu filho é uma dádiva de Deus, não entendam isso como uma coisa ruim, muito pelo contrário, é esplêndido!!) com 2 anos de namoro nós nos separamos por motivos que não têm necessidade de estar aqui, perdi minhas 2 famílias, e finalmente entendi que tudo nessa vida tem uma razão para acontecer quando entrei no encontrão.
Durante muito tempo andei a procura de algo que me fornecesse força e fé para conseguir descobrir a verdade, acreditei em muitas coisas, mas eu mal percebia que todas elas eram pura e simplesmente ligadas a Deus. Acreditei nas bruxarias brancas de São Cipriano, acreditei em astrologia e quiromancia e até aprendi muita coisa, acreditei também em profetas atemporais, como Michel de Nostradamus, sem saber que cada um deles estava direta ou indiretamente ligado a Igreja ou a Deus. Também procurei a verdade na filosofia, onde achei muitos ensinamentos raros, muitas lições de vida também, mas a religião onde achei um caminho pra casa; aonde fazem adorações diretas a Deus e a Jesus Cristo, é aonde clamo por Ele com uma Fé cega que venda meus olhos, mas abre as portas do meu coração, a religião do amor, é a Católica.
O fato de muitas vezes me sentir sozinho mesmo estando com alguém, e dos problemas surgirem no tamanho da cabeça de um alfinete e em segundos tornarem-se do tamanho do olho de um furacão, demonstra somente parte de tudo que passei na vida, vida minha que foi uma estrada sinuosa e calejada, até eu entrar neste encontrão. Aprender algo foi o mínimo, a maior experiência foi presenciar Deus em todos... em tudo e em qualquer coisa, dentro e fora, no tudo e no nada, foi entender que cada molécula e cada átomo de meu corpo vibra de felicidade quando amamos a Deus, foi conseguir enxergar novamente, amar de verdade, sentir toda energia que eu nunca pude sentir em lugar algum, foi saber que Deus realmente é um Deus de amor e que Ele ama a todos nós, foi saber que na casa Dele existem pessoas com que posso contar sempre.

AMO TODOS VOCÊS

7 comentários:

Vinicius disse...

Caraca, esse cara não se cansa de arrancar lagrimas de nossos olhos! =')

Nossa, é isso que me dá sustento! Isso que não me deixa desistir mesmo com o cansaço pegando, mesmo com o corpo não aguentando, mesmo com toda pressão que quem serve sabe que tem da familia, dos amigos, etc...

É confortador saber que seu amor foi sentido, e nada paga por um sentimento assim!

Felipão, se o encontro só tivesse vc, eu faria td d novo, de verdade!

Sinto mto pelas suas tristezas, e pelos caminhos tortuosos por qual vc teve que passar, mas que tudo isso tenha te servido de aprendizado, nada mesmo é em vão!

E eu te garanto que é possivel ter expectativa, é possível ser feliz, e é isso que Deus sonha pra você! Vai ser dificil, d+++! Mas vejo em vc um coração sincero, que vai lutar pra alcançar seu espaço no céu! VC TEM TUDO PRA DAR CERTO!!!

Sucesso nessa nova caminhada!

E ah, qdo puder leva seu filho no grupo pra gente conhecer, com certeza deve ser uma dádiva de Deus sim, toda criança é!!!

Um abraço cara, e parabens pela sua corajem!!!

;)

Maiumy disse...

ah...com certeza, a vida nos prega mtas peças mesmo... e esse negócio de briga entre pais é teensoo...meus pais tbm brigavam mto e eu sempre me sentia mto culpada por tudo... a única coisa q eu conseguia era ficar chorando no quarto sozinha, ouvindo td q eles diziam... Acredito q, se eles soubessem o qnto isso nos machuca, não brigariam tanto... Mas o importante é a gente dar a volta por cima... como o Vini disse, nem sempre é fácil buscar o q Deus sonha pra nós... mas vc não tá sozinho, viu?! Somos uma família!!!

Ps1: FELIZ DIA DOS PAAAIISSS!!! \O/

ps2: só toma cuidado, pq qndo o Vini se junta com a criançada ele se empolga...heheheh

fe_prestes disse...

Cara, fico muito feliz de ver que estar com Deus vale a pena. Ele sempre pode fazer tudo novo outra vez e, embora a gente nem sempre enxergue, está ao nosso lado.
Agora é continuar caminhando e levar esse Deus que vc conheceu pras pessoas à sua volta...
Vamo mudar o mundo galeraaaaaaa!!!

Rodolfo disse...

Nossaa... quanta sede!! =)
Confesso que histórias assim me dão ainda um incomodozinho sabe? Mas o problema não é você não...sou eu!! Heehehe... é que eu ainda tenho um coração "filhinho de papai" =/
Mas pode contar comigo sim! Tivesse você uma história seja como fosse, eu daria meu máximo para que seu coração pudesse experimentar dessa sede que tá aí hoje!! Dessa sede desse Deus!! =))
E fiquei rindo e pensando aqui aheuaheauehaueahe... se você tá assim com Deus, achando que a Eucaristia é uma "torradinha", quando perceber o que a Eucaristia realmente é... axo que vai explodir de amor!!! haeuaheuaehauehauehauehuehue =P

Nos vemos por aí!
Abraço forte! Tamo aew!!!

Duda disse...

Caracas,faço minhas as palavras do Vini se só tivesse você nesse encontro Felipe eu faria tudo de novo,com o mesmo esforço,com tuudo!
É issoq ue dá sentido ao servir,ver que ainda existem pessoas sedentas por algo melhor,sem nem mesmo saber que era 'só' Deus que elas precisavam...
E enquanto tiver gente pra ouviiir,eu vou anunciiiar esse AMOR MAIOR ;]

Que Deus nos abençoe,e tamo juunto Felipe,acredite nisso!

Suuper beeijoo e um abraço tamanho do Céu né Prestes

fe_prestes disse...

é isso ae dona Duda!!

um abraço do tamanho do céu!!!

\o/

Marcinho disse...

"...foi entender que cada molécula e cada átomo de meu corpo vibra de felicidade quando amamos a Deus..."

Como diz sempreo Filipe nas peladinhas de sábado: "É sempre interessante conhecer o deus do outro."
Faço das palavras dele, minhas.