21/11/2008

Oii galerinha! Tudo bem?
Bem... o post dessa semana foi uma indicação da cordenadora da equipe (:
E eu achei interessante pois a mensagem fala exatamente de uma coisa que infelizmente,é bastante presente no nosso dia-a-dia: o egoísmo.
Muitas vezes deixamos de ajudar o próximo para pensarmos nos nossos problemas e por acharmos que ajudando o outro, perdemos um tempo que poderíamos tentar resolver os nossos próprios problemas.
Mas a verdade é que quando ajudamos o próximo, nós descobrimos uma felicidade e satisfação tremenda que só nos aproxima mais do nosso Deus! :)
Aqui está o texto e espero que vocês gostem!
Beijos,Karol.


Saia de você e procure o necessitado


Quem se fecha em si mesmo jamais poderá acolher as graças que Deus deseja derramar sobre sua vida. Quanto mais me esqueço de mim mesmo, e de meus problemas, maior é a oportunidade que ofereço a Deus para entrar em minha história e assumir minha vida.

Além da felicidade do perdão e da felicidade conseqüente do abandono em Deus, é preciso experimentar a felicidade da doação. Muitas vezes, não somos curados porque buscamos simplesmente uma vida sem problemas. Queremos que Deus resolva nossos problemas, mas somos incapazes de sair de nós mesmos para ir ao encontro de quem necessita de nossa ajuda.

Cada vez que somos curados, somos chamados a ser fontes e canais de cura para todos aqueles que estão ao nosso redor. No entanto, quando nos fechamos num egoísmo comodista, além de não recebermos as graças de Deus, é sempre crescente a experiência da solidão.

Peçamos, hoje, ao Senhor, a graça de sairmos de nós mesmos e caminharmos ao encontro dos mais pobres e necessitados.


Jesus, eu confio em Vós!


Luzia Santiago

2 comentários:

Vinicius disse...

Eu assino embaixo!!!

lucasserrao disse...

Poxa, queria muito ter ido ao cenáculo ontem. Rezar sobre isso, mergulhar nessa realidade e amolecer um pouquinho o coração.
A gente ouve tanto isso, mas parece que entra em um ouvido e sai pelo outro. Mas, assim como queremos ser jovens que incomadam, precisamos também nos sentir incomodados por não estarmos traçando os planos de Deus. Ajudar o próximo é muito mais que apenas fazer um dever de casa que nos foi imposto, e sim a busca da felicidade escondida no irmão!