22/06/2008

A decisão proferida no último dia 29 pelo Supremo Tribunal Federal a favor da liberalização do uso células tronco embrionárias em pesquisas científicas e terapêuticas significou, para muitos cristãos, a verdadeira derrocada dos esforços empreendidos na batalha contra a causa.
Mas que essa notícia não sirva pra nos desanimar e sim para nos dar ainda mais força na continuidade da luta em favor da vida!
A CNBB respondeu ao fato com indignação como se pode presenciar abaixo em alguns trechos da nota escrita:

“A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lamenta a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que julgou a validade constitucional do artigo 5º e seus parágrafos da Lei de Biossegurança, n. 11.105/2005, que permite aos pesquisadores usarem, em pesquisas científicas e terapêuticas, os embriões criados a partir da fecundação “in vitro” e que estão congelados há mais de três anos em clínicas de fertilização.
(...) não se trata de uma questão religiosa, mas de promoção e defesa da vida humana, desde a fecundação, em qualquer circunstância em que esta se encontra.
No mundo inteiro, não há até hoje nenhum protocolo médico que autorize pesquisas científicas com células-tronco obtidas de embriões humanos em pessoas, por causa do alto risco de rejeição e de geração de teratomas.
A alternativa mais viável para essas pesquisas científicas é a utilização de células-tronco adultas, retiradas do próprio paciente, que já beneficiam mais de 20 mil pessoas com diversos tipos de tratamento de doenças degenerativas.
Reafirmamos que o simples fato de estar na presença de um ser humano exige o pleno respeito à sua integridade e dignidade: todo comportamento que possa constituir uma ameaça ou uma ofensa aos direitos fundamentais da pessoa humana, primeiro de todos o direito à vida, é considerado gravemente imoral.
A CNBB continuará seu trabalho em favor da vida, desde a concepção até o seu declínio natural."


Para mais detalhes e informações sobre a votação, acesse o link http://marciowanderley.blogspot.com/2008/05/stf-aprova-pesquisas-com-clulas-tronco.html

Um comentário:

lucasserrao disse...

Pow Bruninha... profissional o texto hein!!!

E infelizmente eu já sabia da notícia... mas vâmo que vâmo galera que a briga não terminou !